quinta-feira, 1 de março de 2007

Sobre as coisas boas da vida...


Ando pensando bastante na vida, afinal de contas, é ela o grande o mistério de todas as coisas. Dentro destes devaneios, descobri o óbvio, nada tem sentido nesta caminhada se cada metro não for logrado, o prazer é o grande progenitor da vida, sem o prazer não nos sustentaríamos.
Desfrutar a vida é ter prazer em tudo o que se faz, da música que se ouve, da poesia lida, do filme assistido, da cachaça tomada, da mulher conquistada, até do trabalho (desde que não seja muito!) é proveito de nossos prazeres.
Nos dias atuais pensa-se muito na morte, é de praxe isso acontecer, pois o tempo todo temos “placas” fabricando doenças, penso que se esquecêssemos essa fábrica da morte, produzida pela mídia e seus aliados, conseguiríamos viver uma vida mais feliz e mais longe dos pronto-socorros.
Meu tempo é hoje, por isso vou sair por aí olhando as coisas como se nunca tivesse observado-as, cada rua que já passei será nova, lançarei sobre elas novos olhares e novas perspectivas...

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007


"Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que explique e ninguém que não entenda."

(Cecília Meireles)

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

pensamentos alheios...



"olhar e não intervir... observar e não julgar... é inútil e vão julgar. o que eu quero é estar no meio, e simplesmente ver o que se passa no interior de cada ambiente, sem procurar trazer nenhum julgamento.... eu não procuro copiar a realidade, mas recriar alguma coisa a partir de uma idéia e pelo trabalho da imaginação."
( hou hsiao-hsien, diretor chinês de Taiwan)